quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Re-aprender faz parte da vida

Refletindo na palavra da verdade vejo uma dinâmica maravilhosa do Espírito Santo na vida de Jesus. Estes textos são muito conhecidos e importantes. O primeiro está em Lucas capítulo 3: 21 e 22. Fala do batismo de Jesus. Ensina que havia ali, muita gente, veja “todo o povo batizado”, muita agitação, falação, vai e vêm na margem do rio, curiosos, religiosos, gente de toda sorte. Águas agitadas, o céu como testemunha, o batismo era de arrependimento, com água. Mas de repente algo acontece, testificado por João, alguns acreditam que os que ali estavam também viram - neste aspecto entendo que somente o profeta foi testemunha - surge Jesus Cristo, entra no rio, João o vê, imediatamente Ele é batizado, depois “o céu se abriu, e o Espírito Santo desceu sobre Ele”. Aqui foi onde tudo começou! Que simplicidade, o Espírito veio, desceu sobre Ele. Alegria de Deus em toda plenitude, ”meu filho amado”, que quadro maravilhoso, o Pai, o Filho e o Espírito Santos, com único propósito, apontar um novo caminho, anunciar um outro tempo, a verdadeira luz que ilumina os homens, Jesus, batizado pelo Espírito Santo.

Como podemos nos alimentar desta revelação? Simples, devemos ser batizados pelo Espírito. Aqui está o grande começo de uma vida com Deus. Precisamos refletir mais sobre este tema. Observe como isto aconteceu. Faça algumas perguntas ao texto, pense, leia e releia. Onde estava Jesus, quando isto aconteceu? Na margem do rio! Lugar estranho para ser batizado pelo Espírito? Não! Foi com dia e hora marcada? Não! Qual a atitude interior Dele: Cantava; pulava; sapatiava; rodava? Havia algum ritual de preparação? De forma Alguma! Ele orava, afirma Lucas. Sentimento de profunda comunhão com o Pai, em meio aquela total inquietação nas margens do rio. Ele falava com Deus. Nada ao seu redor era mais importante do que o Criador. Todo seu ser estava em Deus. Precisamos buscar o batismo com o Espírito Santo, descomplicar, simplificar este ato grandioso de Deus. Não tem dia, nem hora, nem lugar, muito menos um ritual de preparação. Basta somente se entregar, se render e orar com toda humildade e entrega. Ele virá, onde você estiver. O batismo com o Espírito de Deus é um ato Dele a nosso favor, não depende de intermediação de ninguém, nem de nada, é você e Deus é Deus e Você. Aqui está como deve ser o começo de quem pretende viver Jesus no seu interior de uma forma real neste mundo da religiosidade vazia.

Em seguida, diz Lucas no capítulo 4: 1 a 14, “Jesus foi guiado pelo mesmo Espírito ao deserto...” Aqui algo extraordinário acontece, observe bem o texto. A Palavra afirma que Ele foi conduzido, guiado pelo mesmo Espírito ao deserto. O encontro é inevitável, olhos nos olhos, lado a lado. O diabo ali diante Dele, destilando toda sua sutileza, perversidade e contradições. Mas, Jesus estava cheio do Espírito, este confronto nos mostra que, fidelidade, conhecimento e coragem, estavam em Cristo de uma forma total, que maravilha! Quem é este sinistro demônio, que os homens dão a ele tanto falso poder e autoridade? E muitas vezes trazendo pânico às pessoas? Falsa doutrina com certeza. Esquecem que o Filho de Deus disse: “Toda autoridade me foi dada, (Cristo), no céu e na terra” e que em Nome Dele ordenaríamos aos demônios que saíssem de vidas aprisionadas e estes sairiam. Pense o que este enganador pode ser diante de vidas guiadas pelo Espírito Santo? Nada! Analise: durante a vida, muitas vezes teremos encontros com o diabo, isto é também inevitável, com certeza nos veremos frente a frente com ele, perceberemos sua presença, sutil, perversa e contraditória. A única maneira de agirmos com coragem, conhecimento e fidelidade para com Deus é sermos guiados pelo Espírito no deserto da existência humana. Não há outra alternativa.

Finalmente Lucas, no capítulo 4: 14, 16 e 31; encerra dizendo: “No poder do Espírito Santo regressou para a Galiléia... depois foi para Nazaré e Cafarnaum...” Observe, pense! Jesus deixou o deserto, o diabo se apartou Dele, e assim foi continuar sua vida no meio do povo. Agora o encontro era com o povo, gente de toda espécie. Judeus, estrangeiros, ricos, pobres, gente boa, sincera, com saúde ou doentes, mas também, perversos e religiosos dominadores da sociedade. Que situação complexa. Aprendo aqui outra verdade, tem demônio no caminho? Sim! Gente endemoninhada no percurso? Claro! Mas existem nos encontros da vida pessoas com todas as suas dores, vazios, medos e incertezas, alegrias, risos e choros, amor e ódio, cheios de perdas, de saudades e de sonhos. Seres humanos, onde habita uma unidade de contradições. Estes ENCONTROS são inevitáveis. Pergunta: como Jesus viveu em meio a toda esta complexidade social? No poder do Espírito Santo, foi para o meio do povo da Galiléia (círculo dos impuros) Nazaré, de onde não poderia vir ser humano que prestasse. Segundo alguns “espirituais da época” é claro, ou Cafarnaum. Andando pela vida Jesus viveu sem explorar ninguém, não fazendo diferença entre rico ou pobre, semeando o Reino e não um “imperiozinho” particular de uma religião, porque imperiozinhos já existiam, exemplos, os Saduceus, que reduziam verdades a respeito da salvação, os Fariseus que acrescentavam princípios nunca ensinados por Deus e o Herodianos, estes nem precisa dizer muito o próprio nome já nos mostra quem eram. Existiam muitos outros pequenos “eus” de meias verdades no tempo de Jesus. O Filho de Deus nunca vendeu suas bênçãos libertadoras por dinheiro ou por qualquer outra coisa. Não disse nada a ninguém, a não ser aquilo que ouvia do Pai. Movido sempre pela sensibilidade de que pessoas não poderiam ser mais manipuladas, porque manipuladas já estavam sendo a vida inteira, que criaturas de Deus não poderiam ser mais exploradas financeiramente em nome de religião, porque assim viviam há muito tempo. Ele sabia que seres humanos não deveriam viver mais sobre a tirania do diabo e dos seus representantes no poder. Jesus como Verbo Encarnado olhou para as pessoas, convidando-as ao arrependimento de pecados - convite que sumiu dos púlpitos de muita gente neste tempo de inventar uma nova religiosidade - porque aquela sociedade se engalfinhava com suas vãs doutrinas que não levavam ninguém a lugar nenhum. Enfim, tudo isto foi possível, porque Ele foi batizado pelo Espírito Santo, quando enfrentou o diabo estava cheio do Espírito Santo e foi para o meio do povo, no poder do Espírito Santo. Quem se aventurar a ir para o meio do povo em nome de Jesus, sem estar no poder do Espírito, vai manipular, corromper e ser corrompido, subornar, ameaçar, intimidar, explorar, criar impérios, inventar, escravizar e encher o povo de vazios sobre seus vazios. É preciso ir sim, mas no poder do Espírito.

Quero deixar pra você esta reflexão. Em João, capítulo 14: 16, 17 e 26, Ele prometeu outro Consolador para estar para sempre conosco. O Espírito da verdade. “O Espírito Santo a quem o Pai enviará em meu nome”, disse Jesus. “Ele vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo que vos tenho dito”.
Simplifique este ato de Deus, pense, busque, ore. Onde você estiver. Não tem endereço, nem calendário com hora marcada, não precisa de intermediação de homem nenhum, muito menos de qualquer ritual de preparação Apenas ter Cristo, pelo caminho do arrependimento, sendo filho de Deus através do reconhecimento da sua morte e ressurreição. Seja batizado pelo Espírito, na simplicidade que a palavra nos revela e enfrente o diabo, com todas as suas artimanhas e provocações, com entendimento e graça. Guiado pelo Espírito vá para o meio do povo, seja uma benção, sabendo agir no meio de uma sociedade escravizada pelo pecado e forças do inferno Há!! Se todos nós quando um dia decidimos em andar com Cristo, arrependidos de nossos pecados desejando que Ele fosse realmente nosso único Salvador e tivéssemos ouvido em alto e bom tom: “que a escola dominical é boa para compartilharmos a Palavra”, ou “que cultos de louvor e mensagem, “alguns são importantes”,” ou os “retiros espirituais fazem parte”, se alguém tivesse sentado conosco e olhado nos nossos olhos e afirmado que: ACIMA DE CDS, SHOWS, RETIROS, CULTOS, MONTES, TEMPLOS, CARGOS, REVISTINHAS, SEMINÁRIOS, MANUAIS, ELEIÇÕES PARA ISSO E AQUILO, CAMPANHAS PARA NÃO SEI O QUE... Repetissem para nós insistentemente a seguinte palavra: irmão (ã) a partir de hoje vamos aprender JUNTOS sobre o verdadeiro Batismo com Espírito Santo, sem fantasias, sensacionalismos e invenções. Vamos a Deus experimentar esta realidade e enfrentar o diabo, verdadeiramente guiados pelo Espírito Santo e viver no meio do povo cheios do poder Dele.

Quantas divisões jamais aconteceriam? Os traumas, decepções, inimizades e tempo perdido entre os filhos de Deus seriam tão poucos. Os problemas quando surgissem, é claro, eles fazem parte da vida, tanto nos relacionamentos com irmãos e mesmo no mundo secular, seriam enfrentados com a sabedoria do Senhor. Os tempos seriam menos sofridos para todos os membros do Corpo. Como eu gostaria de voltar a 25 anos atrás e ter tido alguém que tivesse gasto o tempo que fosse preciso comigo, me ensinando que daquele momento em diante eu deveria aprender a viver guiado pelo Espírito, mais do que tudo! Lendo comigo os textos que falam sobre esta vontade de Deus e me orientado até a medida de poder andar como servo maduro pela vida. Teria sido maravilhoso! Mas nunca é tarde para ser feliz, desde 1997 eu e minha família começamos, por obra de Deus, a desconstruir, em nossos corações, doutrinas, costumes e dogmas sobre este tema e muitos outros que durante algum tempo nos impediram de ser livre. Hoje trilhamos por um outro caminho, convictos de que este é um novo tempo na nossa jornada com Deus.
Graça e Paz!
Moacir

2 comentários:

Wania disse...

Pastor quando estava lendo essa mensagem, foi como se eu estivesse numa sala, ouvindo voce falar, depois de tocando o violao, junto com a Fatima, cantasse ao amado da nossa alma.

É muito bom ler palavras boas e deixa-las ecoarem nos nossos coracoes. As coisas de Deus sao simples, os homens que complicam, por isso cada vez mais pessoas estao indo sem ser no poder do Espiro Santo, com fogo estranho e acontece uma das coisas que voce falou na mensagem, que transcrevo abaixo:
"Quem se aventurar a ir para o meio do povo em nome de Jesus, sem estar no poder do Espírito, vai manipular, corromper e ser corrompido, subornar, ameaçar, intimidar, explorar, criar impérios, inventar, escravizar e encher o povo de vazios sobre seus vazios. É preciso ir sim, mas no poder do Espírito."

É a realidade do tempo que vivemos hoje, ultimos tempos, e se nao fosse abreviado o tempo, mais seriam enganados. Temos que ir no poder do Espirito Santo e nao no poder que estamos vendo por ai. Gracas a Deus pelos Joao Batistas que estao preparando o caminho para volta de Cristo. Sigamos tocando a trobeta do Senhor, falando que o Senhor vem e quer encontrar sua noiva preparada, com o verdadeiro azeite nas lampadas.
Um abracao pra voces e aqui de longe, com voces nos nossos coracoes e oracoes, enviamos palavras de amor e bencaos sobre voces da parte do Senhor.

espaço vogue fashion disse...

A paz pastor. Foi como uma cortina a se abrir na minha frente ao ler seu texto e constatar os fatos ocorridos no mundo hoje.
Realmente temos que nascermo verdadeiramento do Espirito Santo de Deus e carregarmos conosco em nossa mente e coração a palavra de Jesus. Mas temos que perseverarmos e continuar anunciando o evangélio apregoando a paz e amor ao próximo. Pois muitos estão feridos, machucados e esquecem que Jesus levou consigo na cruz todo o pecado e todo mal para que venhamos ter paz, amor, a salvação e a vida eterna. Jesus Cristo vem! Temos nós que somos noivas de Cristo estarmos adornadas e preparadas com nossas lamparinas cheias de azeite, ou seja com nossas vidas transbordando o espirito santo de Deus. temos que manter nossas mentes e corações limpos de todo esse mundo e procurarmos viver a palavra, onde a palavra nos levará a viver o sobrenatural. "Se creres verás a glória de Deus" temos verdadeiramente crer, confiar e se entregar as maravilhas de Deus.
A paz, Deus abençoe ricamente este blog, amei o, ao senhor pastor e sua familia e todo esse ministério maravilhoso, pois o corpo de Cristo é maravilhoso e abençoado. Jesus é maravilhoso!!!!!!